Login | Cadastre-se
Topo
← Voltar

Epicondilite Lateral – Cotovelo de Tenista

Publicado em por Igor Phillip

Epicondilite lateral ou cotovelo do tenista são termos que têm sido aceitos e utilizados para descrever uma síndrome dolorosa localizada na região do cotovelo mais específicamente no epicôndilo lateral, local de origens musculares e ligamentar.

A lesão acomete a origem do músculo extensor radial curto do carpo e em menor grau, o músculo extensor comum dos dedos. O quadro clínico deste paciente é composto por dor localizada na região do epicôndilo lateral e na origem dos extensores, perda de força para realizar extensão de punho e para segurar objetos. Esta doença pode ser encontrada em esportes como squash, paddle, remo e tênis. Este último é o mais comum e ocorre por erros na biomecânica do movimento de “Backhand”. Em razão desse erro de técnica, a lesão  surge com maior frequência em atletas amadores e praticamente inexiste em atletas profissionais.

A Fisioterapia é muito indicada para o tratamento e a chave para o sucesso é descobrir o principal mecanismo de lesão. Durante a fase inicial recursos para alívio do quadro álgico são extremamente válidos como eletroterapia, termoterapia, terapia manual com mobilizações articulares e liberações miofasciais e técnicas de bandagens. O trabalho de fortalecimento e flexibilidade deve ser iniciado assim que estabilizado o quadro álgico do paciente.

Por fim, reeducar o paciente durante a sua atividade é muito importante, para evitar a recidiva da lesão. No caso de tenistas amadores, ensiná-los a correta técnica do Backhand é de extrema importância, já que este é um movimento que quando realizado de maneira incorreta pode levar ao desenvolvimento da lesão.

Dr. Igor Phillip dos Santos Glória

 

Fisioterapeuta | Núcleo Pró-Atleta

Avaliações


Esta matéria ainda não foi comentada. Seja o primeiro!