Login | Cadastre-se
Topo
← Voltar

Organizando a reforma  

Publicado em 10/01/2019 por Kelly Nascimento

 

Ao pensarmos em começar uma reforma, sonhamos com um piso x, revestimento y, profissional z, mas quando nos deparamos com o dinheiro disponível pensamos: e agora, por onde começo?

Pode dar certa preguiça, colocamos empecilho, mas o ideal é montar uma planilha, seja no meio virtual ou feito à mão mesmo. É importante se organizar antes de iniciar a obra, pensar em quanto cabe de parcelas no bolso? ou o quanto eu tenho disponível para pagar à vista?, o desconto é bom se pagar à vista?

Orçamento é a chave do planejamento. Não apenas 1, mas 3, 4, 5 ou até mais orçamentos em variadas lojas. Às vezes, aquele estabelecimento no qual gostamos do atendimento pode não ter o melhor valor, mas não devemos ter medo de perguntar: você consegue cobrir um orçamento que eu tenho? Preciso fazer a obra, mas meu dinheiro está curto, você pode parcelar em mais vezes? Gostei do atendimento e gostaria de comprar aqui, mas preciso que tenham um custo melhor. Afinal, quem tem boca vai a qualquer lugar, não custa perguntar.

Claro que os preços variam também de acordo com a marca do material, neste caso, tente verificar marcas similares no mercado e que contenham a mesma qualidade de um material top de linha. Existem produtos de marcas menos conhecidas, mas que tem as mesmas qualidades e funções.

É importante também montar em uma pasta para o controle de custos desta obra, guardar todas as notinhas de compras, tirar cópia de cada uma, pois com o tempo, a tinta pode apagar.

Ao contratar a mão de obra para execução da reforma, o ideal é saber um valor já fixo por tal serviço e não contratar por dia ou por hora, pois cada pessoa tem seu ritmo e muitas vezes pode sair mais caro pagar a hora ou o dia do que pagar um pacote fechado. Negocie o valor, deixando sempre uma parcela após o término dos trabalhos.

Quando a obra sair da estimativa de custo, pode-se recorrer ao faça você mesmo; o trabalho não será igual ao de um profissional da área, mas será executado, ou até mesmo recorrer a algum conhecido que saiba executar a empreita e fazer uma troca de serviços.

Cuidado ao acrescentar serviços no andar da reforma, pois um acréscimo aqui e outro ali, sem organizar o financeiro, aumenta o custo da obra e se não estiver bem calculado, pode estourar o orçamento.

O ideal é: planejar tudo o que precisa ser feito, fazer o levantamento de valores disponíveis para a obra total, orçar todos os materiais através de lista já feita pelo profissional que executará, ver se cabe no orçamento, se tem um bom desconto ao pagar à vista ou se compensa parcelar. Detalhe: é preciso ter certeza de que se por algum motivo esgotar a fonte financeira, estas parcelas poderão ser pagas, para evitar transtornos futuros.
http://www.cheapwatchessale.co.uk/
https://www.alltimewatches.co.uk/

Avaliações


Esta matéria ainda não foi comentada. Seja o primeiro!