Login | Cadastre-se
replica uhren
Topo
← Voltar

A IMPORTÂNCIA DE UM CORPO JURÍDICO NO CONDOMÍNIO

Publicado em 05/03/2018 por Dr. Raphael Soares de Oliveira - Síndicos do Alto Tietê

É um assunto que parece óbvio, mas nem todos os síndicos levam a sério. Um grupo jurídico especializado em direito condominial a frente de um condomínio pode trazer imensos benefícios ao condomínio. Muitos acham que o valor  gasto com um jurídico é desnecessário e alto, mas na verdade perto de muitos prestadores de serviço o valor é coerente e o resultado pode trazer saúde financeira ao condomínio a ponto de nem sentir a despesa com esses prestadores.

A advocacia preventiva é essencial e pode evitar que o condomínio tenha prejuízos com contratos mal  analisados, inadimplência descontrolada, passivos gerados por aplicação abusiva de multas, falta de fiscalização da administradora no dia-a-dia, assembleia mal geridas etc.

Num contrato mal analisado existem cláusulas que podem amarrar por um bom tempo o condomínio a um serviço que pode não estar satisfatório, bem como trazer futuros problemas fiscais de responsabilidade subsidiária e na mesma esteira, problemas trabalhistas da mesma natureza.

O jurídico pode atuar como braço direito do síndico na escolha de um bom prestador de serviço com passado limpo e com ativos para garantir ressarcimento de eventuais prejuízos com funcionários e má prestação de serviço. Pode fiscalizar a administradora que por vezes não age de maneira correta, usando suas atribuições para ganhar dinheiro obscuramente às custas do condomínio.

O SECOVI avaliou no ano passado que a inadimplência dos condomínios em média gira em torno de 30%, um valor muito alto que compromete financeiramente o condomínio. Com advogados especializados, essa média tem que variar de 6 a 10% mensais.

Um assembleia sem a fiscalização de um jurídico especializado pode ter detalhes anuláveis que somente esse profissional enxerga. Uma multa mal aplicada pelo síndico pode trazer um grande prejuízo no futuro se não tiver um juízo de equilíbrio a ser feito pelo advogado.

Não menos importante, o advogado pode ser a válvula de escape do condomínio e porque não a sua \"galinha dos ovos de ouro\"?

Síndico, não perca tempo, nem dinheiro, contrate um jurídico independente da necessidade imediata, pois a falta dele pode te gerar uma necessidade futura.

Eu sou Raphael Soares, Presidente da Associação de Síndicos do Alto Tietê e sócio da Soares, Gomes e Queiroz Sociedade de Advogados orologi replica
https://www.swissreplica.co.uk
https://www.luxuryrolex.co.uk/

Avaliações


Esta matéria ainda não foi comentada. Seja o primeiro!